Aromaterapia: o poder das essências que acalmam


A pandemia causada pelo novo coronavírus transformou as terapias que podem ser feitas individualmente em casa em sucesso total.

Tanto é que os adeptos (e talvez até os não adeptos) deram um jeito de garantir uma dose extra de bem-estar nessa fase que estamos atravessando. “Desde o início da quarentena até aqui, foi identificado um aumento de 32% nas vendas da linha Rescue, e também dos florais Mimulus (medo), Rock rose (pânico), Walnut (proteção)”, conta Márcia Rissato, terapeuta floral e aromaterapeuta, do Mona’s Flower, e-commerce representante oficial da Rescue no Brasil, que também comercializa produtos à base de óleos essenciais e florais de Bach. Para quem não sabe: a linha Rescue é uma combinação de cinco florais (Impatiens, Star of Bethlehem, Cherry Plum, Rock Rose e Clematis) que Dr. Edward Bach criou para situações de emergências, em que é preciso ter clareza mental, serenidade e equilíbrio emocional. Isto é, momentos bem parecidos com o que estamos vivenciando agora.

Você conhece os benefícios da aromaterapia? Se você respondeu sim, saiba que uma ou outra informação ainda pode lhe escapar. Pensando nisso, preparamos um material completo sobre a terapia dos aromas com a terapeuta floral Márcia Rissato. A especialista é formada pelo Bach Foundation da Inglaterra (UK) e está na linha de frente da Escola Monas, que oferece curso de formação em Florais e Aromas. A seguir, ela responde diversas questões sobre o tema, com exclusividade, para o Portal de Saúde Holística Brasil. Qual a definição de aromaterapia e de óleos essenciais? Aromaterapia é uma terapia natural, que utiliza as propriedades dos aromas de óleos essenciais, extraídos de plantas com moléculas olfativas, que estimulam diferentes partes do cérebro, atuando nos campos físico e emocional. Óleos essenciais são naturais e puros, portanto absorvidos pelo organismo, agindo diretamente no sistema límbico, responsável pelas emoções. É importante ressaltar que são completamente diferentes das essências, que são sintéticas (aromas provenientes de laboratórios) e não são absorvidas pelo organismo. Como a aromaterapia pode auxiliar no bem-estar nesse período de isolamento social? Os aromas naturais são terapêuticos justamente porque possuem ativos que proporcionam bem-estar. Nesse momento de confinamento, clausura, a natureza pode ser uma excelente aliada, portanto a palavra de ordem é tirar proveito dos ativos naturais. A lavanda acalma e traz equilíbrio para a mente. E os aromas com notas altas de cítricos, como laranja doce, grapefruit, bergamota e capim-limão, ajudam a mente a trabalhar melhor e a manter o foco. Nessa fase desafiadora em que estamos vivendo, é importante procurar manter uma boa vibração, pois a cada novo dia de isolamento social pode aflorar novas dores emocionais, influenciando negativamente a vibração coletiva da casa. Nesse contexto, o capim limão e a laranja doce são óleos essenciais que podem elevar essa energia densa sem deixar estagnar. O floral Rescue concentrado também é indicado por ajudar a manter o equilíbrio e a atravessar esse momento delicado de forma menos traumática. Qual é a quantidade ideal que se deve usar? Essa pergunta exige atenção porque os óleos essenciais são extremamente concentrados e jamais devem ser utilizados puros, sobretudo na pele. Eles devem sempre ser misturados com um óleo vegetal ou creme neutro (que chamamos de carreador), para uso tópico (na pele); ou no difusor, no caso dos ambientes. Para se ter uma ideia, uma gota dessa substância volátil equivale a 24 xícaras da planta, além de poder conter ativos que podem causar toxidade. Portanto, o cuidado com a dose é extremante importante. Quais são as maneiras mais usuais de se fazer aromaterapia? Existem diversas formas de tirar proveito da terapia dos aromas. As mais comuns são: Uso tópico (na pele): nesse caso, é imprescindível que os óleos essenciais sejam diluídos em substâncias naturais, chamadas veículos carreadores, que funcionam muito bem na sua diluição. O gel de aloe vera e óleos vegetais de amêndoa, gergelim ou castanha são opções perfeitas que, por si só, também proporcionam propriedades terapêuticas à cútis, sendo uma combinação ideal. Para uma massagem corporal, misture 120 ml de óleo vegetal (gergelim, amêndoas ou castanha) e 60 gotas de óleo essencial em um recipiente de vidro de cor escura. Aplique no corpo fazendo movimentos com tensão média. Colar de cerâmica: depende do tamanho do recipiente do colar, mas normalmente se usa no máximo três gotas. Vaporização: misture 10 gotas de óleo essencial (pode ser mais de um aroma) para meio litro de água morna. No ambiente, o ideal é por meio de difusores de aromas, que podem ser de diferentes tipos: Elétrico: misture 10 gotas de óleo essencial (pode ser mais de um aroma) com a quantidade de água sugerida pelo fabricante. Em spray: misture 5% de óleo essencial e 95% de álcool. Lembrando que 1 ml de óleo essencial equivale a 25 gotas. Num frasco de 10 ml, por exemplo, usamos 0,5 ml de óleos essenciais, que são 12 gotas. Palitos de madeira: a mesma proporção de diluição utilizada no difusor em spray pode ser usada nesse tipo. Dessa forma: num vidro sem tampa, mergulhe palitos de madeira na solução, de maneira que uma parte “da extensão” das varetas fique para fora do frasco, assim, elas ficarão encharcadas e perfumarão o ambiente com o aroma. A cada dia, vire os palitos, mergulhando as extremidades secas no líquido e deixando as pontas molhadas em evidência, fora do vidro, para manter o aroma vivo. Quero montar meu kit de óleos essenciais. Quais devo comprar? Existem centenas de opções de óleos essenciais, com funções variadas que atuam tanto nas questões físicas, quanto nas emocionais. Contudo, não é necessário ter todos à mão. O ideal é investir nas opções mais versáteis, que acabam atendendo às principais demandas pessoais. Veja os top 5 para ter em casa: Lavanda, laranja doce, eucalipto globulus, hortelã-pimenta, melaleuca. Lembrando que, por ter ativos naturais, os óleos essenciais podem causar alergia, sendo o olfato o método mais seguro nesse sentido para avaliar o risco. Também é através do olfato que os óleos essenciais acionam o fluxo energético da respiração, alterando positivamente as emoções. Lavanda Abranda a tristeza, acalma as tensões e tem ação equilibrante. Também é uma boa opção para massagem (sempre combinada a algum óleo vegetal), ideal para dores musculares, por atuar na tensão. Laranja doce Resgata a nossa criança interior e desperta a alegria. Também dissipa emoções densas, pesadas (típicas de personalidades muito rígidas); acalmando e promovendo uma limpeza energética. Eucalipto globulus Nutre os pulmões e a parte de trás do tórax. Ao inalar o eucalipto, os pulmões liberam sentimentos de tristeza e os transformam em alegria. Os seios da face também se abrem promovendo bem-estar, pois quando bloqueados prejudicam a respiração e, portanto, a essência da vida. Por isso, tanto o eucalipto como o hortelã são poderosos óleos ligados à capacidade de respirar. Hortelã-pimenta Tem ação limpante, desbloqueia a energia estagnada, auxilia na digestão dos pensamentos e limpa as crenças limitantes. Além disso, deixa fluir o ar no organismo, esfria o calor corporal e faz girar a energia, o que melhora a respiração e os ânimos, afetados pela ansiedade. Melaleuca É um óleo com forte ação bactericida e antifúngico. Quarentena relax! Já que a ordem é passar 100% do tempo em casa, bom mesmo é deixar esses momentos o mais agradável possível. Quem não gosta de sentir um cheirinho gostoso? Ainda mais se esse aroma proporcionar a sensação de bem-estar num período tão delicado... Confira, a seguir, algumas sugestões de aromaterapia para fazer em casa e garantir efeito terapêutico no seu dia a dia. Em qualquer espaço Faça e espalhe pela casa velas aromatizadas. É simples. Derreta a parafina na quantidade desejada e, quando estiver líquida, adicione óleo essencial de sua preferência. Despeje a mistura em um molde (de vidro, cerâmica, madeira ou silicone) e coloque o pavio no centro. Deixe secar. Ao acender, o contato com o calor da chama vai exalar o aroma do óleo essencial pelo ambiente. No quarto A mistura de florais de Bach original white chestnut com o óleo essencial de cedro, sândalo ou lavanda, no travesseiro, tem efeito terapêutico de acalmar a mente e proporcionar um ambiente ideal para descansar. Na sala A mistura de floral de Bach rescue com óleo essencial de laranja doce ajuda a promover sensação de alegria e entrosamento. Ideal para a sala, local onde geralmente a família se reúne. No banho No box a mistura de duas gotas de óleo essencial de lavanda e três gotas de capim-limão cria uma sauna aromática relaxante. Outra opção é pingar duas gotas do óleo essencial de eucalipto globulus, que auxiliam na respiração e melhoram a oxigenação. Na cozinha A mistura de aroma de baunilha com óleo essencial de laranja traz a sensação de aconchego e acolhimento.


E se você quer descobrir como aliviar dores, fazer tratamentos para os mais diversos problemas e ter muito mais saúde e qualidade de vida, tudo isso de forma natural, conheça as Terapias Holísticas.


Encontre um terapeuta aqui no nosso Guia de Serviços.







⠀⠀⠀

#portalsaudeholisticabrasil #equilibrioemocional #aromaterapia #coronavirus #reiki #homeopatia #gratidao #yoga #terapia #meditação #profissaoterapeuta #comoserterapeuta #queroserterapeuta #roerunhas #fitoterapicos #terapiaholistica #pedalnoturno #estresse #ansiedade #onicofagia



78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

NOSSO TELEFONE

NOSSO EMAIL

NOSSAS REDES SOCIAIS

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

INSCREVA-SE AQUI

Clique aqui, inscreva-se e receba todas as nossas novidades por email.

LINKS ÚTEIS

Home
Guia de Serviços
Blog
Termos de Uso

© 2021 Michelle Parreira